nn5n Foundation
Branch of SCP Foundation
nn5n: scp-1884 Madame Rezarta e Sua Incrível Leitora de Palma
SafeSCP-1884 Madame Rezarta e Sua Incrível Leitora de PalmaRate: 202
SCP-1884

Item nº: SCP-1884

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1884-A deve residir em uma câmara residencial de segurança mínima na Área Biológica-59. Devido às deficiências físicas de SCP-1884-A, um cuidador Nível-1 deve auxiliar com as atividades diárias de SCP-1884-A, como comer e se vestir.

SCP-1884-B deve ser mantido em uma câmara de contenção padrão, também na Bio-Área-59. Como SCP-1884-B não necessita de comida nem produz material de resíduos biológicos, típicas limpezas de câmara semanais não são necessárias. Entretanto, SCP-1884-B requer tratamento bimensal a fim de prevenir ferimentos autoinfligidos de suas unhas.

Para assegurar a cooperação contínua de SCP-1884-A e SCP-1884-B em testes, SCP-1884-A é permitido entrar na câmara de contenção de SCP-1884-B uma vez na semana durante não mais que quatro horas. Essas sessões devem ser monitoradas por um mínimo de dois funcionários de segurança e gravadas para funções de pesquisa.

Descrição: SCP-1884-A é uma humana fêmea cega de descendência Albanesa, com 68 anos de idade a partir de 11/03/████. SCP-1884-A não tem mãos; ao invés disso, seus antebraços são unidos entre si onde as juntas de seus pulsos são tipicamente localizadas. Tem cicatrização extensiva no corpo de SCP-1884-A, principalmente na parte superior das costas. SCP-1884-A afirma que seus ferimentos foram o resultado de tratamento precário em cativeiro anterior à contenção. SCP-1884-A é proficiente em Albanês, Cantonês, Inglês, Alemão, Japonês, Mandarim e Árabe Moderno Padrão, e tem conhecimento rudimentar de Híndi, Português, Espanhol e Swahili.

SCP-1884-B é um organismo vivo único composto de 932 mãos fixadas no pulso de uma massa central de carne alongada. 929 dessas mãos são idênticas, consistentes em aparência com as mãos de uma mulher idosa e tendo similaridade genética com SCP-1884-A. As 3 apêndices restantes aparentam pertencer a um macho adolescente caucasiano, uma fêmea adulta hispânica e um Tigre-de-bengala, respectivamente. A pele de SCP-1884-B é da mesma grossura que a de um humano, mas substancialmente mais durável e resistente a ferimentos mínimos. A cada 8 a 10 meses, SCP-1884-B irá descamar, mudando sua pele de maneira similar a répteis. SCP-1884-B é dócil não-provocado.; entretanto, se uma ou mais de suas mãos for intencionalmente arrancada/danificada significantemente por um organismo possuindo mãos ou apêndices similares, SCP-1884-B irá retaliar usando suas unhas para arrancar as mãos de seu agressor (ou equivalentes no caso), a qual então será integrada em sua anatomia.

SCP-1884-A e SCP-1884-B dividem uma forte conexão telepática. Qualquer coisa sentida por SCP-1884-A também é sentida por SCP-1884-B, e vice versa. Testes extensivos mostraram que, apesar da ligação mental, SCP-1884-B é independentemente sapiente e capaz de interagir com funcionários da Fundação mesmo quando SCP-1884-A é altamente sedado ou similarmente incapacitado. A relação entre as duas entidades é simbiótica: SCP-1884-A usa SCP-1884-B de maneira comparável a um cão-guia, utilizando os sentidos de toque de SCP-1884-B para formar uma imagem mental de seu ambiente; da mesma forma, SCP-1884-A divide informação auditiva com SCP-1884-B e age como seu intérprete, transmitindo verbalmente pensamentos e pedidos.

SCP-1884 chamou a atenção da Fundação após tentar se checar em um hotel em █████, Emirados Árabes Unidos, às 3:41 AM. De acordo com o relato escrito pela força policial loca, SCP-1884-A tentou trocar as jóias que carregava em troca de alojamento. Quando o recepcionista declinou a oferta, SCP-1884-B entrou por uma janela próxima e se aproximou do recepcionista agressivamente, apesar da desaprovação de SCP-1884-A. Após o recepcionista fugir, SCP-1884-B aparentemente roubou a chave do quarto da recepção. Agentes da Fundação na área interceptaram a ligação de emergência do recepcionista e descobriram SCP-1884-A e SCP-1884-B em um quarto de hotel de solteiro. Ambos foram recuperados sem incidente.

< Iniciar Registro>

Dr. Hayfield: Desde quando você está conectada à SCP-1884-B?

SCP-1884-A: Desde que eu consigo me lembrar. Onde quer que eu estivesse, Luana esteve comigo, mesmo que só na minha mente.

Dr. Hayfield: De onde veio SCP-1884-B?

SCP-1884-A: Quando eu ainda era muito jovem, eu perguntei a mesma pergunta para minha mãe. Ela não me dizia. Ela disse que ela não queria me assustar.

Dr. Hayfield: Sua cegueira e anormalidades físicas estiveram presentes desde que nasceu?

SCP-1884-A: Sim. Luana sempre foi meus olhos. Ela sente o chão para eu andar. Ela me ajuda a segurar coisas. Na minha idade avançada, teve vezes que ela me carregou. Eu sou muito grata a ela.

Dr. Hayfield: Quais foram os eventos que levaram ao incidente no hotel?

SCP-1884-A: Isso pode tomar um tempo pra explicar.

Dr. Hayfield: Tudo certo com isso. Por favor, continue.

SCP-1884-A: Quando eu tinha oito anos, homens vieram à nossa casa para comprar Luana e eu. Meus pais estavam chateados. Eles sempre tentaram nos esconder e nos manter segredo, e eles estavam preocupados que os homens iriam contar a outros. Mas meus pais ainda os mandaram pra longe. Esse foi o primeiro dia que eu tinha ouvido meus irmãos mais velhos chorarem. Nessa noite, um homem com o rosto ao contrário veio pro meu quarto. Luana ainda era muito pequena e não conseguiu lutar com ele. Ele botou uma meia na minha mão e nos levou pra longe. Eu nunca vi minha família de novo.

SCP-1884-A: Nós fomos levadas para a América e forçadas a trabalhar em um lugar chamado 'Circo das Perturbações de Herman Fuller'. Primeiro eles fizeram Luana e eu fazer parte do desfile de loucos deles, mas assim que eu cresci eles disseram que nós precisávamos do nosso próprio ato para “ganhar nossa estadia”. Eles me vestiram em roupas e joias esvoaçantes e nos venderam como Madame Rezarta e Sua Incrível Leitora de Palma. No nosso ato, Luana andava nos rostos dos voluntários e Eu iria fazer deduções sobre sua aparência baseadas no que ela sentia. "Esse é Africano", "esse quebrou o nariz quando era criança", "esse recentemente teve um acidente em uma viagem de pesca". Se eu fizesse um erro nas minhas adivinhações eu ficava sem jantar. Se eu fizesse um erro com meu Inglês eu era chicoteada. Meu Inglês melhorou bem rápido.

SCP-1884-A: Eu sempre desencorajei Luana a tentar escapar. Além do meu medo de ser punida, eu disse a mim mesma que não importava o quanto as coisas eram ruins no Circo, elas seriam piores no mundo afora. Eu disse a ela que seria apenas questão de tempo até Luana ser morta por alguma pessoa assustada na rua. Mas a ideia de ir embora ainda passava pela mente dela frequentemente. Duas semanas atrás, quando nós tínhamos parado em uma estrada deserta entre apresentações, Luana matou o guarda fora da nossa tenda. Ela fez isso enquanto eu estava dormindo para eu não sentir ela fazendo isso. Ela deve ter feito isso sem planejar antes, porque eu nunca percebi a ideia na minha mente. Quando ela me acordou eu estava muito assustada e quase não ia sair, mas eu tinha medo do que o homem com o rosto ao contrário – o capanga do Apresentador – faria com a gente se ele descobrisse que Luana se tornou perigosa. Então nós fugimos. Eu não consegui correr muito longe, e Luana teve que me carregar para a civilização. Eu disse a ela para esperar do lado de fora enquanto eu tentava conseguir um quarto no hotel, mas ela não me ouviu.

SCP-1884-A: Você é muito bem-vindo. Eu sou muito grata por estar aqui. Sua gente me trata muito bem. Eu queria estar com Luana em pessoa mais vezes, mas ela sempre está comigo na minha mente.

<Fim do Registro>

Nota: Investigações subseqüentes sobre 'Circo das Perturbações de Herman Fuller’ não acharam evidências sobre um grupo similar existir.

Prefácio: Com assistência de SCP-1884-A, Dr. Selman foi capaz de ensinar SCP-1884-B a ler Braile e se comunicar por sinalização de letras do alfabeto. O seguinte é uma entrevista um-a-um entre Dr. Selman e SCP-1884-B. Dr. Selman usou uma impressora Braile para seus inquéritos, que foram romanizados aqui para fins de leitura. SCP-1884-A foi altamente sedada no momento que a entrevista foi conduzida, a fim de garantir a integridade das respostas de SCP-1884-B.

<Iniciar Registro>

Dr. Selman: O que você é?

SCP-1884-B: AQUI EU SOU SCP 1884 B.

Dr. Selman: Como sua espécie é chamada?

SCP-1884-B: EU SOU APENAS UMA. EU SOU LUANA.

Dr. Selman: Qual é sua natureza?

SCP-1884-B: PERGUNTA CONFUSA.

Dr. Selman: Tudo bem. Como você se descreveria?

SCP-1884-B: COISA DE MÃO.

Dr. Selman: Desde quando você conhece SCP-1884-A?

SCP-1884-B: NOSSAS MENTES ESTIVERAM CONETADAS [sic] DESDE MEU PRIMEIRO PENSAMENTO.

Dr. Selman: De onde você veio?

SCP-1884-B: PERGUNTE SEUS PAIS.

Dr. Selman: Por favor, se lembre que essa é uma entrevista séria. De onde você veio?

SCP-1884-B: EU NÃO SEI. MAS LEMBRO QUE ERA MOLHADO.

Dr. Selman: Como você descreveria seu cativeiro no Circo das Perturbações?

SCP-1884-B: (SCP-1884-B levanta o dedo do meio de toda mão que não está sendo usada para suportar seu peso)

Dr. Selman: Expanda nisso, com gentileza. Em palavras, se pudesse ser tão gentil.

SCP-1884-B: NÓS FOMOS TRATADAS MUITO MAL. SEMPRE PUNIDAS. ELES NÃO PODERIAM ME MACHUCAR. ENTÃO ELES MACHUCARAM IRMÃ PARA ME MACHUCAR. ELES SÃO TRAPACEIROS. ELES SEMPRE ESTÃO MACHUCANDO PESSOAS.

Dr. Selman: Quem mais eles machucaram?

SCP-1884-B: OUTROS ATOS. E ALGUMAS VEZES A GALERIA DE AMENDOIM. IRMÃ SEMPRE OUVIA GRITOS DAS OUTRAS BARRACAS NO TARDE DA NOITE. NINGUÉM DIZIA O PORQUÊ PARA NÓS.
Dr. Selman: SCP-1884-A afirmou que você foi quem instigou seu escape. O que a levou a tomar essa decisão?

SCP-1884-B: ELA TINHA MEDO DE TENTAR. MAS EU QUERIA UMA VIDA MELHOR PRA ELA. ELES MACHUCARAM ELA DEMAIS POR TEMPO DEMAIS. E ENTÃO TIVEMOS A CHANCE PERFEITA.

Dr. Selman: Acho que isso conclui nossa primeira entrevista. Obrigada, SCP-1884-B.

SCP-1884-B: ESPERE POSSO TER LIVROS EM BRAILE POR FAVOR EU ESTOU SOLITÁRIA E ENTEDIADA.

Dr. Selman: Eu botarei uma solicitação.

<Fim de Registro>

Nota: SCP-1884-B foi fornecido mais tarde com uma seleção limitada de clássicos literários. Em entrevistas seguintes, SCP-1884-A e SCP-1884-B notaram suas obras favoritas como Orgulho e Preconceito e Morro dos Ventos Uivantes, respectivamente.

revisão da página: 5, última edição: 13 Jan 2018 20:28
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License

Privacy Policy of website