nn5n Foundation
Branch of SCP Foundation
nn5n: Proposta de S. Andrew Swann
Proposta de S. Andrew SwannRate: 1753
Proposta de S. Andrew Swann

Item nº: SCP-001

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: Ainda não há maneiras encontradas para conter SCP-001 que não arrisquem um potencial evento de Falha de Realidade ZK e a subsequente destruição do universo observável. (Ver: Protocolo de Contenção ZK-001-Alfa) Procedimentos atuais são limitados à contenção absoluta de informação sobre SCP-001. Nenhum dado em relação à natureza ou descrição de SCP-001 deve ser providenciado para qualquer funcionário, com a única exceção sendo o membro sênior do Comando O5. (Atualmente O5-█) Todos os dados coletados em relação a SCP-001 devem ser armazenados em forma criptografada via [REDIGIDO], com a chave de descriptografia separada em terços. Cada membro do Comando O5 deve memorizar um terço, e apenas um terço, da chave de descriptografia. Os dados devem ser descriptografados apenas pelo membro sênior do Comanda O5, e então apenas após o consentimento unânime do Comando O5.

O vazamento de dados de SCP-001, através de espionagem, vazamento telepático, pesquisa original ou [REDIGIDO] deve ser contido por qualquer e todo meio disponível à Fundação. O membro sênior do Comando O5, assim como a única pessoa com conhecimento autorizado sobre SCP-001, é o árbitro final da contenção.

Funcionários da Fundação de nível dois ou maior que descobrirem dados sobre SCP-001 durante suas suas atividades normais devem ser administrados um amnéstico de Classe A após o interrogatório em vez de serem terminados. Isso está sujeito a uma aprovação O5 em uma base causal.

Descrição: [DADOS EXPURGADOS]

Adendo: Registro de Contenção 001-Alfa

Data: 01/12/19██

Incidente: Documentos aparecem no site de internet [REDIGIDO] servidores apreendidos e autores rastreados em [REDIGIDO]. Explosão resultante explicada como vazamento de gás. O monitoramento não apresentou nenhuma propagação contínua de documentos.

Data: 03/31/19██

Incidente: Enredo com informação possivelmente comprometedora enviada para produção pela ██████████ Pictures. O roteirista original [REDIGIDO] agentes tiveram sucesso em trocar o enredo por um reescrito sem [REDIGIDO]. O filme é produzido com o título ███ ██████ e arrecada $27 milhões em sua semana de lançamento.

Data: 06/19/19██

Incidente: Esboço de romance que descreve [REDIGIDO] enviado para [REDIGIDO] por autor best-seller █████ ████. As tentativas de neutralizador o autor falharam, levando a uma hospitalização escandalosa. O5 autoriza o uso de Amnésticos de Classe A para evitar mais atenção ao caso. Esboço recuperado e destruído.

D█ta: o5/2█/20█z

IncIdeN█e: █esquisAd█%20 da FunDAçÃodescobr

Pergunte a si mesmo se você quer saber.

Se a resposta é não, você tem que parar de ler agora. Se você for lá e relatar esse arquivo aos seus superiores, agir concretamente e alegar que você apenas leu esse parágrafo, você pode escapar de um Amnésico de Classe A. Se você tiver sorte. E se os O5s não estiverem particularmente paranoicos no momento.

Então você quer saber o que SCP-001 é? A primeira resposta é que ele é era um espaço reservado, uma designação teorética para a causa primária, a razão definitiva para toda a merda paranormal com que lidamos diariamente. SCP-001 é o porquê de termos que lidar com répteis omnicidas, salas que estão sempre em expansão, piscinas extradimensionais de gosma vermelha e produtos para o consumidor que não obedecem as leis normais da física. É claro, dadas todas essas coisas – perigosas, mortais, e simplesmente insanas como são – são inerentemente sem padrão e autocontraditórias, a maioria dos pesquisadores está convencida de que não há nenhum princípio de união possível, e muito menos uma fonte comum.

Eles estão errados.

Há mais de uma razão para que os testes cruzados sejam desencorajados, e que os O5s até mesmo desaprovam a referência cruzada excessiva de SCPs. Os O5s não quer grupo nenhum observando mais de um punhado dessas coisas ao mesmo tempo, por causa do que eles descobriram quando a Fundação tentou desenvolver uma Grande Teoria Unificada dos SCPs. Essa pesquisa está quase desaparecida agora. O Sítio-001-Alfa foi desmantelado, limpado dos arquivos, com a administração reatribuída após uma lavagem cerebral. Não sobrou ninguém além de mim, e eu não saberia de nada se não fosse o meu hábito de não acreditar nos servidores da Fundação e de ter meu próprio arquivo pessoal escondido que os O5s não viram em seu pânico.

Eu era um analista de dados no Sítio-001-Alfa [Nota ao Comando O5: não se preocupem em me procurar, eu terminei o trabalho que começaram, e as identidades de todos os antigos funcionários do Sítio-001-Alfa foi completamente limpa dos registros, e vocês sabem o mesmo tanto que eles agora.] e eu participei na primeira e única tentativa de consolidar todos os dados da Fundação sobre todos os SCPs. Eu estava no comando da integridade de dados. E não importa o quanto você ache o quanto era uma bagunça, era uma ordem de uma magnitude pior.

Esqueça os SCPs meméticos, ou aqueles que modificam as suas próprias descrições, ou aqueles que parecem habitar apenas o espaço de inforrmações e que deslizam no banco de dados para causar estragos. Isso é tudo POP para qualquer um que trabalhe com a rede da Fundação, apenas uma questão de escala. Piores eram os completamente inexplicáveis, com mudanças inesperadas nos dados

Me desculpe, isso está errado, embora eu não consiga não pensar dessa maneira. Não é uma mudança de dados quando a realidade muda para se encaixar. Eu não sei muito sobre as partes internas dos programas que nós usamos, mas eu sei que parte dele funcionava for a do que nós pensamos como “mundo real.” E, de começo, todos acharam que as trilhas de auditoria que ele produzia eram algum tipo de defeito. Porém, se tornou aparente que a natureza desse programa, sua isolação intencional de SCPs que alteravam a narratividade, o permitiu registrar algo muito mais importante.

Não é visível a você, ou aos O5s, ou até à maioria dos SCPs com que lidamos, mas a Fundação – e por extensão o universo inteiro – está em um estado de fluxo constante de realidade inconstante. Arquivos SCP apareciam e desapareciam do nosso banco de dados com uma regularidade alarmante, e os SCPs aos quais se referiam, a todas as aparências, apareciam e desapareciam junto com eles. Não apenas SCPs, mas funcionários, locais inteiros, e décadas inteiras da história da Fundação seriam reescritas, aparentemente de maneira aleatória. E nossas próprias memórias, e toda a pesquisa externa confirmava que a realidade “objetiva” se encaixava com a versão atual no nosso banco de dados.

Um dos pesquisadores me disse que era como se nós estivéssemos vendo o efeito de algo como SCP-140, apenas em uma escala muito maior.

É. Algo muito parecido com SCP-140, e infinitamente maior em escala.

Eu não sei quem fez a análise, e se eu tivesse feito, eu não teria dito. Ela está provavelmente muito mais feliz sem saber de sua própria descoberta. Mas ela viu o que desaparecia e o que aparecia, e o que subitamente se alterava nos registros, e ela descobriu o padrão, o desvio em direção à escuridão, em direção à coerência narrativa, em direção a um enredo…

Todos que trabalham por qualquer período de tempo na Fundação sabem que o universo em que vivemos é um lugar seriamente fodido. Aqueles de nós que ainda acreditam em Deus tendem a uma séria ambivalência sobre o seu trabalho.

Mas nós descobrimos que há um Deus, e é SCP-001.

E são um punhado de escritores de terror.

Adendo: Protocolo de Contenção de Emergência ZK-001-Alfa Apenas Para Olhos O5

Nota: O Protocolo de Contenção ZK-001-Alfa carrega um risco de criar um evento de Falha de Realidade ZK. O uso deve apenas ser autorizado em uma tentativa de mitigar um cenário de fim de mundo ou a destruição iminente da Fundação.

A pesquisa do Sítio-001-Gama conduziu uma análise nas mudanças de SCP-001 ao universo observável. Conclui-se que SCP-001 consiste de múltiplas entidades que apresentam padrões cognitivos que são indistinguíveis de humanos, e que essas entidades são então suscetíveis a efeitos meméticos. Devido a experimentos anteriores terem apresentado informações de resultado através do armazém de dados SCP, um possível método de ataque foi desenvolvido. O protocolo ZK-001-Alfa, quando iniciado, causará uma inserção viral programada de uma variedade de agentes meméticos no banco de dados SCP que, através dos resultados de informação observados, devem expôr, SCP-001 aos efeitos meméticos desses agentes. O Protocolo ZK-001-Alfa consiste de três estágios:

  1. Agentes meméticos inseridos para promover calma e/ou bem-estar
  2. Agentes meméticos inseridos para promover sono, inconsciências ou catatonia.
  3. Agentes meméticos inseridos para causar morte.

Devido à natureza de SCP-001 e a nossa interação limitada com ele, não é possível neste momento testar de maneira segura o Protocolo ZK-001-Alfa, e é desconhecido se o universo pode continuar a existir sem a interação com SCP-001.

revisão da página: 6, última edição: 13 Mar 2018 01:09
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License

Privacy Policy of website