nn5n Foundation
Branch of SCP Foundation
nn5n: scp-3420 Fantasmas Demais
EuclidSCP-3420 Fantasmas DemaisRate: 108
SCP-3420

Item nº: SCP-3420

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: A estrutura que agora abriga SCP-3420 foi comprada através de várias corporações de conchas e foi marcada como um risco para a saúde devido a níveis perigosos de amianto. A estrutura foi considerada como Área Provisória-531 e deve ser atendida com pelo menos três indivíduos treinados em cuidados paliativos. Todos os civis que entram na Área Provisória-531 devem ser tratados com amnésicos de Classe-C e liberados.

As entidades SCP-3420-1 não requerem sustento. Todo o esforço é garantir que as entidades SCP-3420-1 permaneçam confortáveis e não tentem sair de SCP-3420. A aplicação de fentanil em doses de 200 mcg por hora (administrada através de um spray para o umbigo) mostrou-se eficaz no tratamento de entidades SCP-3420-1. As entidades SCP-3420-1 que solicitam a terminação devem ser tratadas com amnésicos de Classe-C e uma elevação de sua dosagem de fentanil.

Descrição: SCP-3420 é uma anomalia espacial localizada no que anteriormente era Apartamento 420 dos Apartamentos Twin Oaks em Clevelândia, OH. Todas as tentativas de entrar na sala 420 através de qualquer método diferente da porta se encontram com falha. As janelas mostram o que se acredita ter sido o domicílio do PoI-6870 em um estado de desordem. Todos os objetos dentro são imóveis e não mostram queda esperada.

SCP-3420 é composto por catorze salas interligadas, cujo muda a cada sete horas e trinta e sete minutos. Qualquer objeto que esteja “entre” dois ou mais salas serão cortados durante esta mudança. Dentro de cada sala há uma instância de SCP-3420-1.

Cada sala em SCP-3420 se assemelha a um “câmara de tortura” como aqueles que podem ser atribuídos ao catolicismo durante a Inquisição Espanhola na imaginação popular. As salas em SCP-3420 estão equipadas com vários items para tortura, incluindo aqueles que nunca foram utilizados historicamente, como a “asfixia.” Todos os itens dentro de SCP-3420 desaparecem se forem trazidos fora dos limites da sala em que aparecem.

SCP-3420-1 são entidades humanoides que têm a aparência de descarregar eletricidade estática de forma contínua em uma forma aproximadamente humana que está sendo consumida permanentemente pelas chamas. Acredita-se que isso seja uma ilusão de ótica, pois SCP-3420-1 é sólido e não exibe nenhum dos efeitos esperados de sua composição aparente. SCP-3420-1 está conectado a uma compulsão limitada para usar os instrumentos presentes em SCP-3420 em si mesmos; Essa compulsão pode ser contrariada através da persuasão. As entidades SCP-3420-1 são capazes de falar e podem sentir uma sensação de dor constante semelhante à queima ou a eletrocussão.

Incidente 3420-3: Em 5/5/16, SCP-3420-1-G solicitou a terminação. E isso foi ignorado, conforme regulamento. Isso resultou em SCP-3420-1-G sofrendo dificuldade extrema além dos níveis basais de desconforto. Devido a eficácia do fentanil no tratamento da dor, os amnésicos de Classe-C foram autorizados na tentativa de fazer a entidade ser fácil de conter. O tratamento foi eficaz e os amnésicos de Classe-C foram autorizados em casos semelhantes.

Registro de Recuperação:

Esta é a transcrição de uma chamada para o 911 de SCP-3420 que atraiu a atenção da Fundação. O ligador aparenta ser PoI-6870 (Jude Kriyot). A ligação foi feita a partir de um telefone público fora dos Apartamentos Twin Oaks ás 4:34 AM em 3/3/15.

Operador: 911, emergência falando.

PoI-6870: Houve um tumulto aqui. Muitas pessoas com dor. Estou com muita pena.

Operador: Qual é a sua emergência, senhor?

PoI-6870: Certo, bem. Eu vou dizer algumas coisas que vão fazer você querer desligar, mas tenha paciência comigo por um segundo, certo?

Operador: Certo.

PoI-6870: Você sabia disso, uh, o cara que reescreveu o mundo, Stephen King, foi atingido por um carro? Meu nome é Jude Kriyot. Deus, por favor, não desligue. Não sei se a polícia pode ajudar esse tipo de coisa. [Risadas por trinta segundos.] Eu não acho, maldição, não acho que ninguém possa ajudar.

Operador: Senhor, aonde você está? Você não está fazendo sentido. Você foi atropelado por um carro?

PoI-6870: Eu meio que desejo. Já Somos Maneiros? Uh, merda. Zeladores. Eles não codificam isso, eu sei. Merda. Droga. Misters Contra Erva. O Sr. Assassino em Série Literal é uma piada sobre nome morto, e é muito engraçado.

Operador: Senhor, me desculpa Eu não— [Aqui, o operador saiu da linha, a ligação foi apanhada pela Fundação IA ATLS-12.]

PoI-6870: Não desliga. E se eu estivesse morrendo?

[O conteúdo da ligação foi julgado correto e, na tentativa de subverter o PoI-6870, uma audição de risco-cognitivo foi ouvida através da linha telefônica na tentativa de impedi-lo de fugir da cena antes da chegada dos agentes da Fundação.]

PoI-6870: Se o amnésico não funcionou, por que isso? Não fode comigo. [Tosse, então, acende um isqueiro perto do telefone.] Sonhei que algumas pessoas realmente estavam com dor. Mais como pesadelo. A noite tinha terror. Não quero que eles morram. Zeladores, você não mata nada, não é?

[Silêncio por quarenta segundos.]

PoI-6870: Gostaria de dizer o mesmo. Os analgésicos devem funcionar. Eu os torno humanos o suficiente. [Tosses.] Eu realmente sinto muito. Eu queria que fosse um incêndio.

[Um clarão surge ao receptor. Tosses.]

PoI-6870: Eu fiz o mesmo naquela época, você sabe. Vocês disseram que era um incêndio. A Exibição da Galeria Costas. Armazém de fogo. Era você naquela época, não era? Catorze. Esses telefonemas vieram de algum lugar. Mas você sabia disso.

[Um som de risco-cognitivo letal entrou na linha.]

PoI-6870: Pare. Pare de fazer isso enquanto eu estou falando. O escultor foi esculturado, e eu destruí. Pessoas como eu, Eu sei quando você quer me prender algumas vezes. Eu sei muito bem, cara.

[PoI-6870 desliga.]

revisão da página: 1, última edição: 06 May 2018 14:42
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License

Privacy Policy of website