nn5n Foundation
Branch of SCP Foundation
nn5n: scp-2399 Um Destruidor Defeituoso
KeterSCP-2399 Um Destruidor DefeituosoRate: 144
SCP-2399
2399-1.gif

Fotografia feita a tempo de lapso, retratando SCP-2399 se deslocando entre ██/██/██ a ██/██/██.

Item nº: SCP-2399

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: Devido a localização e natureza de SCP-2399, conter-lo por meios físicos de contenção é considerado uma coisa impossível de ser feita. Agentes implantados da Fundação em observatórios deverão conter quaisquer gravações ou imagens que retratarem SCP-2399. Atualmente uma campanha de desinformação está em andamento, que até o momento foi capaz de suprimir completamente qualquer conhecimento relativo ao SCP-2399 da consciência pública.

Os satélites da Fundação em órbita em torno de Júpiter devem manter uma vigilância constante dos esforços de reconstrução de SCP-2399, e fazer todas as tentativas de impedir esse processo se SCP-2399 atingir 75% da conclusão do seu objetivo. Além disso, um perímetro de satélites de interferência eletromagnética de longo alcance (Ordem BARRIER/BARREIRA) foram estabelecidos na órbita superior de Júpiter. Quaisquer transmissões interceptadas deverão ser resumidas com todos os detalhes possíveis, e depois registradas em sumários.

Em um evento que SCP-2399 conseguir atingir além de 75% no seu objetivo ou qualquer violação de informação ocorrer no perímetro de interferência, funcionários da Fundação deverão iniciar o Protocolo LEGIONNAIRE/LEGIONÁRIO-5 (Ver Adendo 2399-L5), quando SCP-2399 atingir por completo o seu objetivo.

Descrição: SCP-2399 é uma estrutura mecânica massiva e complexa atualmente localizada na baixa atmosfera de Júpiter. Desde sua descoberta visual em 1963, SCP-2399 aparentemente tem sido usado como um armamento altamente avançado, baseado em anti-matéria para criar distorções espaciais e um dano devastador atmosférico [DADOS EXPURGADOS], que é observável como um grande redemoinho vermelho, comumente conhecido como a Grande Mancha Vermelha de Júpiter.

SCP-2399 aparenta estar danificado, possivelmente devido a um impacto com a lua Io, antes dele vir a permanecer em sua posição atual. SCP-2399 foi observado liberando uma infinidade de pequenos drones com forma de polvo, que realizavam esforço para reparar o dano que SCP-2399 havia sofrido. Alguns desses drones permanecerão perto de SCP-2399, enquanto outros patrulharão as luas próximas, ou mais profundamente nos gases do próprio Júpiter, em busca de mais partes para aumentar a massa de SCP-2399 e reparar-lo. Modelos de computador estimam que SCP-2399 atingiu 59% da conclusão de seu objetivo, com uma taxa atual de 0,78% a cada ano. Essa taxa aumentou de uma estimativa de 0,12% em 1970.

Apesar de seu estado danificado, SCP-2399 parece possuir uma fonte de energia ilimitada, blindagem eletromagnética avançada, armamento destruidor de quaisquer tipos de matéria, a capacidade de reparar danos causados a si mesmo e um sistema preciso de rastreamento e mira para se defender de alvos inimigos (Ver Adendo 2399-2b). Devido à grande diferença no avanço tecnológico entre o criador de SCP-2399 e o nosso, para todos os efeitos, SCP-2399 é atualmente considerado indestrutível por meios humanos. Em teoria, SCP-2399 poderá ficar vulnerável por um pulso eletromagnético que seja potente o suficiente. Infelizmente, essa tecnologia ainda não existe.

2399-2.png

SCP-2399 (detectado pelo circulo vermelho) visível desde a Unidade BARRIER 12

Desde 1971, SCP-2399 é considerado um fluxo interminável de comunicações baseadas em electromagnetismo originadas da Galáxia do Triângulo, a cerca de 3 milhões de anos-luz da Terra.Os meios de como SCP-2399 chegou até o nosso sistema solar, e os meios de comunicação, são todos desconhecidos. De 1971 a 1985, SCP-2399 recebeu continuamente uma única mensagem codificada que, através de esforços de quebra de código e tradução, parecia ser um comando para reparar os danos que SCP-2399 causou ao entrar em nosso sistema solar. Após isso, a Ordem BARRIER foi criada para interceptar essas mensagens. Isso coincidiu com um período de silêncio do rádio desde a origem das comunicações de SCP-2399, até 1996, quando uma ordem diferente começou a se transmitir para SCP-2399. Ordem BARRIER impediu até agora que SCP-2399 recebesse este comando (Ver Adendo 2399-Registro de Comunicação).


Notas de Descoberta de SCP-2399:

SCP-2399 foi originalmente observado, embora inconscientemente, por Giovanni Cassini em 1665. O seguinte é um registro retirado diretamente das anotações manuscritas pelo Cassini no evento, os registros foram traduzidos do Italiano.

08/10/1665
Eu observei algo extraordinário nos céus. Ontem à noite, enquanto olhava através do meu telescópio, vi o que parecia ser uma estrela de grande luminescência através do nosso sistema solar. Eu nunca relatei um objeto se movendo tão rápido; ultrapassou os planetas exteriores em menos de duas horas! Enquanto eu observava, pelos meus próprios olhos, vi que aquilo era lento quando se aproximava em Júpiter, fazendo uma curva fechada e desaparecendo no próprio planeta. Depois disso, vi muitas explosões de luz, mas, embora continuei observando até o Sol sair, não vi nenhum distúrbio adicional no céu noturno. Devo continuar documentando essas mudanças e alertarei meus colegas quando chegar o dia.

15/10/1665
Levei Peter para o meu ponto de observação na noite passada, mas uma semana depois da noite vi algo sobre Júpiter no céu. Ele trouxe seu próprio telescópio e, juntos, apontamos a nossa visão para aquela coisa gigantesca. Para nossa surpresa, ocorreu uma mudança magnífica! Onde antigamente o mundo distante só mostrava faixas de cores, agora há uma grande mancha vermelha no Júpiter, no local de onde a estrela caiu. Peter estava impressionado com aquilo, é claro, que uma descoberta tão incrível poderia ter ocorrido diante de nossos olhos. Eu continuarei tomando nota disso.

18/10/1665
Hoje à noite, enquanto olhava através do meu telescópio, juro por minha vida que observei o que me pareceu ser várias explosões e grandes luzes se originado daquela mancha vermelha. Temo que minha mente esteja me enganando, pois não houve registro de tais explosões violentas por parte de um corpo celeste desde o surgimento da astronomia. Eu consultarei com Peter no dia seguinte, e tenho muita esperança de que levarei alguns conselhos sobre isso.

19/10/1665
Peter viu o que eu vi! Quando me aproximei dele com minhas preocupações, ele disse o mesmo comigo, e em nossa discussão seguinte concluímos que deve ser uma reação poderosa à aquela estrela que vi na primeira noite, e não um produto de nossas próprias falhas. Fico me perguntando qual evento cataclísmico deve estar ocorrendo em nosso vizinho celestial. Nosso trabalho para documentar tudo isso deverá continuar.

Adendo 2399-2b:

Ás ████ horas em ██/██/██, Unidade BARRIER 53 observou um dos drones de reparo de SCP-2399 levando uma grande quantidade de detritos e montado tudo isso, rapidamente determinado a fazer parte de um dispositivo de comunicações danificado. Devido à natureza desse componente específico e às ramificações de permitir que SCP-2399 o recuperasse, foi ordenado que a Unidade BARRIER 45 disparasse contra o drone com suas baterias de concussão a bordo.

As baterias foram descarregadas; no entanto, o drone apareceu sem danos. Imagens obtidas pela Unidade BARRIER 53 mostra que, enquanto a carga útil em questão foi lançada em direção ao drone de reparação de SCP-2399, a carga foi destruída num prazo de 5 km por objetivos de encargos adicionais originários de SCP-2399. O comando perdeu contato com a Unidade BARRIER 45, 15 segundos após a descarga inicial, com a observação por vídeo mostrando a SCP-2399 [DADOS EXPURGADOS] uma anomalia espacial se originando de ████-██-████-█ [DADOS EXPURGADOS] a terminação da Unidade BARRIER 45 pelas Unidades BARRIER 44, 51, e 55.

Sobre nenhuma circunstância as Unidades BARRIER devem combater SCP-2399 ou os drones lançados por SCP-2399.

Adendo 2399-2c: Projeto Gigas:

Depois dos eventos em ██/██/██, foi decidido que a força necessária seria autorizada para destruir ou incapacitar SCP-2399. Utilizando recursos da Fundação, bem como recursos de 45 nações (notadamente, █████ ███████, ███████, █████ ██████, ██████, ███████ ██████, ██████'█ ████████ ██ █████, e ██████████ ██████'█ ████████ ██ █████), uma plataforma de ██ armamentos com cargas de ███ Megatons e armamentos ██ com detonadores de pulso electrocinético foram lançados e colocados em orbita quase perto da Europa. Em ██/██/██ ás ████ horas com as ordens de 15 chefes de estado e O5█, O5█, O5█, O5█, e O5█, toda a carga útil do Projeto Gigas foi lançada em direção ao SCP-2399.

[DADOS EXPURGADOS]

Esforços para desenvolver métodos alternativos para eliminar SCP-2399 estão atualmente em andamento.1

Adendo 2399-L5:

Então, sobre SCP-2399.

Você já se sentou e imaginou, talvez depois de ouvir sobre um acidente de carro em uma rua em que você estava, ou um bombardeio em uma cidade que estava visitando, o quão sortudo você é por estar vivo? Quantas coisas tem que dar certo para você continuar existindo? Alguns segundos atrasados, alguns segundos antes do seu tempo, e alguém pega algo que caiu e um monte de gente corre para outro grupo de pessoas. Às vezes, esse tipo de coisa acontece, como já vimos, com uma grande frequência. Mas é por isso que estamos aqui. Para proteger aqueles que não podem se proteger de coisas que eles nem mesmo saberiam se proteger.

Nós não podemos fazer tudo, no entanto. Quantas coisas conseguimos conter, quantas coisas conseguimos manter sob controle que apresentam uma grande ameaça a todos nós, mais ainda restam muitas coisas que não podemos conter. Sejam muito grandes, ou muito rápidos, ou muito poderosos, qualquer uma dessas coisas poderia eliminar a humanidade da existência em um único pisque. O fato de não terem feito isso ainda é apenas sorte. SCP-2399, no entanto, é diferente.

Temos poucas informações sobre os motivos, origens e recursos completos de SCP-2399. Nós não entendemos como SCP-2399 é capaz de se comunicar em distâncias tão grandes, ou por que aqueles que construíram SCP-2399 (se foi, de fato, construído) a enviaram para nós em primeiro lugar. Não sabemos o que aconteceria se SCP-2399 fosse capaz de se reparar por completo ou se parte de nosso objetivo falhasse e uma mensagem fosse transmitida. Nós não sabemos disso, então devemos assumir o pior. A julgar pelo que vimos, se SCP-2399 tivesse chegado à Terra, toda forma de vida existente na Terra já estaria morta.

Mas às vezes a humanidade recebe uma pequena ajuda. Às vezes, algo atrapalha o apocalipse. Para nós, e para SCP-2399, foi Júpiter. Quando SCP-2399 começou a desacelerar em sua aproximação à Terra, Cassini viu o que pudemos determinar; que SCP-2399 atingiu Io, SCP-2399 foi danificado e foi incapaz de escapar da atração gravitacional de Júpiter. Suas armas foram ativadas como se pretendiam, mas foi Júpiter que experimentou o temido apocalipse causado por SCP-2399, não nós.

Eventualmente, no entanto, é provável que SCP-2399 consiga recuperar toda a sua funcionalidade e provavelmente seja capaz de se afastar do Júpiter e prosseguir para o seu alvo. A partir de agora, podemos continuar lançando bombas e pulso electromagnéticos em SCP-2399, mas não temos nenhuma indicação de que SCP-2399 pelo menos sofreu um pequeno arranhão com tudo isso, pelo contrário, a experiência dita que não faria absolutamente nada. Se isso acontecesse agora, nós seríamos indubitavelmente destruídos.

Júpiter nos deu tempo. Por enquanto, SCP-2399 permanecerá lá, se recompondo dos danos, enquanto planejamos alguma maneira de pará-lo. Goste ou não, estamos em uma corrida armamentista contra essa coisa. Nossas melhores suposições nos dão algo como 25 anos até que SCP-2399 seja capaz de prosseguir além do nosso objetivo. Até lá, devemos aproveitar a oportunidade que nos foi apresentada. Devemos usar o tempo que nos foi dado e não deixá-lo ser desperdiçado.

Então nós desenvolvemos o Protocolo LEGIONNAIRE. Um pulso electromagnético gigantesco, com poder que só Deus sabe, seguido pelo ataque de várias armas nucleares grande o suficiente para acabar com nossa civilização em mil vezes seguidas. Um plano contundente, simples e provavelmente fútil. Nossos pesquisadores, pesquisadores em todo o mundo ainda não determinaram uma maneira de fornecer esse tipo de pulso electromagnético, muito menos uma maneira de dar energia a essa coisa. Não há qualquer indicação de que seremos capazes de completar o LEGIONNAIRE antes de SCP-2399 conseguir completar seu objetivo, ou se ele fará o que é pretendido quando estiver concluído. Mas devemos tentar. Nós devemos fazer algo. Mesmo que tenhamos que drenar todos os nossos bancos e esvaziar todas as nossas minas, nós deveremos tentar.

Nós muitas vezes não temos a chance de ver o que vai acabar com as nossas vidas, ou pelo menos evitar que nós sejamos mortos. Júpiter, sem saber, nos oferece essa chance. Eu sugiro que nós aceitemos isso.

Randall McAllan
Diretor
Projeto BARRIER, Área ██

Adendo 2399-Registro de Comunicação:

Todas as mensagens registradas devem ser entendidas como continuamente repetidas, até que uma nova mensagem seja registrada ou uma instância de silêncio do rádio.

██/██/1971- A unidade foi danificada: Reparar
██/██/1985- Atualizando Ordens: Manter Posição: Reparar
██/██/1985- Período de silêncio do rádio, a Ordem BARRIER foi estabelecida.
██/██/1996- A unidade está fora do alcance do alvo: Proceder para o terceiro planeta no sistema [COORDENADAS REMOVIDAS]: Reparar
██/██/2015- A unidade está fora do alcance do alvo: Proceder para o terceiro planeta no sistema [COORDENADAS REMOVIDAS]: A prioridade é o alvo: Cessando o reparo

revisão da página: 3, última edição: 25 Aug 2018 14:28
Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License

Privacy Policy of website